Imagem TRIBUNA LIVRE: “Precisamos do Ceasa. Mas não precisamos de oportunistas”, diz comerciante

TRIBUNA LIVRE: “Precisamos do Ceasa. Mas não precisamos de oportunistas”, diz comerciante


O presidente da Associação Atacadista de Hortifrutigranjeiros do Ceasa (ACATACE), Ronaldo Carvalho de Souza, fez uso da tribuna livre da Câmara Municipal Vitória da Conquista (CMVC), nesta quarta-feira (26), para falar sobre a reforma do Ceasa da Juracy Magalhães e suas implicações, assim como a solicitação da adoção de um terreno da prefeitura à associação. Ele informa também sobre a falta de fiscalização no Ceasa. 

Ronaldo destacou a importância do Ceasa da Juracy Magalhães para o município. “Tem mais de 500 famílias que trabalham lá. Mais de 2 mil pessoas. O Ceasa gera emprego e renda para essa cidade”, frisou. Ela afirma que até o momento o poder público deixou de fazer o seu papel no local. Mas agora, ele espera a ajuda dos vereadores. “Há 11 anos estamos lá com a promessa de construir um novo Ceasa”, disse. Ele pede a colaboração da Câmara para a aprovação do projeto de doação do terreno também. 

Diálogo necessário – Comentando em nome da Bancada de Situação, o vereador líder do Prefeito na Câmara, Luís Carlos Dudé (PTB) mais uma vez defendeu que se estabeleça o diálogo a fim de garantir uma solução. “Aquele é um espaço que gera renda para a população de Vitória da Conquista”, destacou Dudé. “Nós precisamos sentar à mesa para dialogar com o poder público e chegar a um denominador comum. Há 11 anos de espera naquele espaço que não é adequado”, disse o parlamentar.

Falta de Fiscalização – O vereador Valdemir Dias (PT), líder da Bancada de Oposição, reforçou a denúncia sobre a falta de fiscalização da prefeitura no Ceasa. Ele conta que esteve recentemente no local e pode verificar condições insalubres de trabalho. Além disso, o parlamentar conta também sobre um ofício envio pela secretaria municipal de Serviços Públicos à ACATACE, confirmando que a fiscalização está suspensa. “O ente público não pode abrir mão da fiscalização. Hoje o Ceasa é terra de ninguém. Qualquer um entra e vende a mercadoria. Não tem regra”, criticou.


Rádio Câmara
Facebook
Calendário

Outubro 2018
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31