Imagem Gildásio Silveira garante que Câmara vai continuar lutando pela redução do preço do gás de cozinha

Gildásio Silveira garante que Câmara vai continuar lutando pela redução do preço do gás de cozinha

Arquivo

16/06/2009 22:37:00


Na sessão que discutiu o aumento do preço do gás de cozinha em Vitória da Conquista, o presidente da Câmara, vereador Gildásio Silveira (PT), autor do requerimento da sessão, afirmou que é preciso investigar o motivo da cobrança acima da média. O parlamentar destacou que pesquisas comprovam que Conquista apresenta os maiores preços, em comparação com municípios vizinhos.

Silveira ressaltou que o atual preço praticado corresponde a 8,17% do salário dos trabalhadores conquistenses. “Em Vitória da Conquista o gás varia de R$ 38 (Minas Gás e Brasil Gás) a R$ 35 (Butano). É preciso saber a causa desta variação, já que em Anagé o gás é comprado por R$ 28, e em Jequié, R$ 32”, afirmou.

Segundo o parlamentar, ao realizar a sessão mista sobre a cobrança do gás de cozinha, em nenhum momento a Câmara teve a intenção de denegrir ou prejudicar nenhum empresário do ramo. “O que estamos debatendo é de quem é a responsabilidade pelos preços abusivos”, disse, ressaltando que a discussão foi motivada pelas denúncias do Movimento das Donas de Casa de Vitória da Conquista (MDC), na pessoa da presidente e ex-vereadora, Irma Lemos.

Ainda em seu discurso, o presidente Gildásio Silveira afirmou que Conquista tem em torno de 50 mil famílias, o que representa um diferencial de R$ 500 mil por mês e R$ 6 milhões por ano, a mais no preço do gás de cozinha em relação aos preços praticados em outras cidades. “Alguém está levando o lucro. A responsabilidade não é de quem distribui o produto em última instância”, disse.

O vereador lamentou a ausência dos grandes distribuidores na sessão, que deveriam justificar a cobrança do atual preço praticado. Agradeceu ao MDC pela presença na sessão e garantiu que os vereadores continuarão atentos quanto à questão. “Nós não vamos desistir, pois fomos eleitos como representantes da população, e fiscalizar é nosso papel. Os vereadores não vão resolver todos os problemas, mas devem estar atentos aos anseios da população”, concluiu.



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Janeiro 2022
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31