Imagem Câmara realiza sessão mista para discutir a implantação do Centro Cultural BNB

Câmara realiza sessão mista para discutir a implantação do Centro Cultural BNB

Arquivo

29/09/2009 22:25:00


A Câmara Municipal realizou, nesta terça-feira (29), sessão mista para apresentação do projeto arquitetônico do Centro Cultural do Banco do Nordeste (BNB). O Centro terá por objetivo fomentar a cultura local e regional, além de incentivar produções voltadas para o público infantil, idosos e portadores de necessidades especiais. Para manutenção do Centro, o Banco do Nordeste destinará R$ 1,6 milhão por ano.
Segundo o vereador Gildásio Silveira (PT), que solicitou a realização da sessão, o Centro Cultural Banco do Nordeste, primeiro da Bahia, terá por objetivo fomentar a cultura local e regional. “Isso irá consolidar as políticas já implantadas em nosso município, a exemplo dos ternos de reis, valorização de artistas regionais, terceira idade, dentre outros”.
Silveira ressaltou que a criação do Centro Cultural BNB é a resposta a um antigo desejo da população conquistense. Afirmou que estes investimentos reafirmam Vitória da Conquista como capital do Sudoeste, sem perder o foco com o social. “Quero parabenizar o prefeito Guilherme Menezes; os secretários Gildelson Felício e Nadjara Régis; o presidente da Casa da Cultura, Carlos Jeová; o gerente de cultura do BNB, Henilton Parente; o engenheiro responsável pelo projeto, José Capelo Filho; e Jonas Sala, gerente regional do BNB", disse em seu discurso.
Para o parlamentar, a construção do Centro eleva o nome da cidade e a auto-estima do povo conquistense, pois novos talentos serão despertados e colocados em evidência. “Solicitamos esta sessão para que todos pudessem apreciar de perto o projeto. Esta é uma iniciativa que vem consolidar a identificação da cultura regional”, disse, ressaltando o papel da Câmara em aprovar o Projeto de Lei que propõe doação do terreno para a construção das instalações do Centro Cultural. Segundo Silveira, o prefeito Guilherme Menezes e os técnicos do BNB estão empenhados para que o Centro seja inaugurado em novembro de 2010.
Projeto é entregue à Câmara - A secretária Municipal da Transparência, Nadjara Régis, que representou o prefeito Guilherme Menezes, entregou ao presidente da Câmara, o Projeto de Lei 25/2009, de autoria do Executivo, que propõe doação de área no Bairro Cruzeiro, onde se prevê a construção do Centro Cultural BNB. “É muito bom estarmos aqui discutindo com os técnicos sobre a magnitude deste projeto”, disse.
Para a secretária, Vitória da Conquista tem demonstrado vocação para a cultura, e a construção do Centro Cultural vai impulsionar e valorizar os artistas regionais. Outra função do local, segundo a secretária, é dar oportunidade para que  jovens e adolescentes carentes expressarem sua arte.
Os investimentos da Prefeitura em cultura foram destacados por Nadjara Régis. O Natal da Cidade e o São João Pé de Serra do Periperi foram citados como projetos que deram certo, apesar dos recursos financeiros limitados. “Agradecemos o empenho do Banco do Nordeste por ter escolhido Conquista para receber este equipamento, que vai fazer do município um pólo cultural”.
O secretário de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer, Gildelson Felício, parabenizou o vereador Gildásio Silveira (PT) por ter solicitado a realização da sessão. Felício também destacou os avanços na área cultural em Vitória da Conquista. “A cidade vive um momento especial na fomentação da cultura. Não é qualquer cidade no Brasil que lota uma praça pública para ouvir orquestra sinfônica”, afirmou.
Paulo Sérgio, pró-reitor de Extensão da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), ressaltou que a UESB é parceira do município no incentivo à cultura local. “A Universidade se sente honrada por fazer parte deste momento da implantação deste tão importante Centro Cultural”, disse.
Para Carlos Jeová, presidente da Casa da Cultura, a sessão celebrou uma das principais ações envolvendo a cultura dos últimos tempos. Jeová destacou a vocação cultural de Vitória da Conquista em vários níveis. “Este Centro de Cultura será um espaço de valorização da cultura regional. O equipamento chega num momento de grande fomento da cultura local”.
Jonas Sala, gerente do BNB afirmou que a iniciativa da implantação do Centro Cultural em Conquista se deve a uma determinação da própria instituição em instalar o equipamento em cidades que não possuem empreendimento semelhante. Sala ressaltou a importância da cultura para o bem estar da sociedade e perpetuação de seus valores. “O BNB traz este instrumento para ser um centro de transformação e oportunidade para o surgimento de muitos talentos”.
 



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Janeiro 2022
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31