Imagem Nildma relata e repudia fechamento de escolas na zona rural

Nildma relata e repudia fechamento de escolas na zona rural

Câmara de Vitória da ConquistaSessão OrdináriaNotíciaNildma RibeiroPCdoB

17/05/2019 10:45:00


O fechamento das escolas da zona rural do Iguá foi o assunto tratado pela vereadora Nildma Ribeiro (PCdoB), na sessão ordinária desta sexta-feira, 17, na Câmara Municipal. Segundo ela, foram fechadas as seguintes escolas:

Escola Otávio Salgado (Povoado de Campo Formoso);
José de Alencar (Povoado de Furadinho)
Escola São Vicente de Paulo (Lagoa Formosa)
Escola Assentamento Lagoa Nova (Assentamento Lagoa nova)
Escola Casimiro de Abreu (Juazeiro)
Escola Municipal Rancho Alegre (Povoado de Rancho Alegre)

Nildma lamentou a ação da prefeitura, que justificou o fechamento das unidades como uma forma de redução de gastos e questionou: “Terá transporte suficiente para esses alunos irem para o Iguá estudar? A escola do Iguá tem capacidade de receber todos esses alunos? Como fica a situação de superlotação das salas de aula?”, questionou e disse que está havendo um sucateando na educação da zona rural. “O povo do campo merece respeito”, clamou, lembrando que “em momento algum se discutiu isso com o povo”.

Desemprego – A vereadora apresentou um “raio x” prisional feito em 2018, em que se constatou mais de 680 mil presos em todo o país, com uma superlotação de 68,6%, tendo mais de 15 mil presos só na Bahia, com 27% de superlotação, e um índice de desemprego altíssimo no país todo. “São 13,4 milhões de desempregados, segundo o IBGE, e em 2018, o Brasil ocupou o 3º lugar no ranking mundial de pessoas presas, e ainda vem o prefeito e tira de forma truculenta os pais de família que querem trabalhar”, finalizou.

 

 



Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Setembro 2019
9

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30